Um paraplano caiu no fim da tarde dessa terça-feira em Aparecida de Goiânia, cidade metropolitana da capital, depois de supostamente ser atingido por linha com cerol. O piloto não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O piloto Marcelo Nunes Rodrigues, de 52 anos, sobrevoava a região do setor Jardim Mont Serrat, em Aparecida de Goiânia, em um paraplano, que é semelhante a um parapente, quando foi atingido por uma linha de cerol. Um vídeo gravado por uma moradora mostra o momento em que a aeronave cai em uma região de mata.

O Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados, porém o piloto não resistiu e teve a morte constatada no local. A delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica foram acionadas e os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado, o perímetro do acidente e a aeronave para coletarem evidências que determinem as circunstâncias e causas do acidente.

A suspeita é que linhas de pipa com cerol tenham cortado todas as linhas da aeronave, que caiu “de lado” e com o impacto o tanque de combustível estourou. Marcelo acabou atingido pelo fogo e morreu queimado. Laudo técnico deve ficar pronto nos próximos dias e dar base para conclusão do inquérito.

Reportagem: Rackel Vieira